Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009

Os detectives Patilhas e Ventoinha, estão em Albufeira, a investigar o assassinato da passagem de ano. As pistas já recolhidas, apontam para dois suspeitos: Desidério e seu consiglieri, um Paulo qualquer coisa, que as testemunhas têm dificuldade em identificar, dado nenhuma entender o seu sectarismo face ao padrinho, e qual o seu papel na cosa nostra Albufeirense. 

 

..

 
O proselitismo da omertà dimanada por esta gente, retardando, inexplicavelmente, o anúncio do cartaz da festa, e, excluíndo a quase totalidade dos munícipes de o saberem em primeira mão, por ser divulgado em espaços pagos e de acesso restrito, como as casas de Liberto Bento Mealha, tem, ao longo dos anos, condenado o fim de ano da Praça dos Pescadores,

a segundas ou terceiras escolhas de última hora, de quem tem, sobretudo, Libras na carteira para gastar. Destarte traz-nos gaiatos aos magotes, que não dormem nas nossas camas, não comem nos nossos restaurantes, não compram nos nossos comerciantes. Deixam-nos toneladas de garrafas partidas, automóveis riscados e espelhos partidos, jardins destruídos, praias poluídas, e, este ano, o mar também, porque 31 é Lua cheia e traz-nos maré de sizígia.

 

Lembra o Zé d'Albufeira, os 60 anos do passamento de António Aleixo, o poeta cauteleiro Algarvio. Levou-o a tísica pulmonar, aos 50. Sem me passar pela moleirinha, pretensão de nada, porque sou poetastro:

 

Tarda nada é Dezembro alcoutim aljezur faro castro marim 

Desidério sem tento lagoa lagos loulé monchique

É do deslumbramento olhão portimão silves tavira

Dos 67 por cento são brás de alportel vila do bispo   

Para nosso tormento vila real de santo antonio

 

O misterioso cartaz lisboa porto coimbra sintra cacém

Não é anunciado em tempo oeiras matosinhos

Dos camones reservarem alojamento 

Antes que mude o tempo braga beja évora

E a chuva nos traga o tormento 

 

O turista inglês 

Que é quem nos dá mais sustento

Programa as suas férias 

Com muito adiantamento 

 

Em cima do acontecimento 

Quem vem a este evento

traz carteiras vazias 

Para nosso grande lamento 

 

Mais um fim d’ano 

E nas registadoras ar e vento 

E os empregados à rasca 

Com o nosso descontentamento



publicado por rais parta ó miúdo! às 09:30 | link | comentar

últimos

PSD vence na derrota

Crise na noite

Vintage...

Snowbird Travel Destinati...

A conspiração

Resultados L'11 Albufeira

Legislativas'11: Afluênci...

Terrorismo

Estado da Nação

Assoreamento artificial

Farrobito d'Albufeira

4.0

Já basta!

8º Aniversário GAJ

Um dia em Albufeira

Venham eles!

Desidoce

Resultados PR'11 Albufeir...

Afluência às urnas PR'11

Portimão por um canudo IV

Temos oposição*

30 anos de escuridão

#grevenao

Idolomania... ou a contin...

IAPMEI atrasa financiamen...

26Nov

Portimão por um canudo II...

World Travel Awards 2010

€30

rais parta ó miúdo! há 1 ...

O fascista dos morangos

+ Portimão por um canudo

Portimão por um canudo

Força Tuta!

Giro já gira até Ferreira...

Concelho e Junta enlutado...

Não há 2 sem 3

Saramago

Comendador Celestino

Até q'enfim

É carapau!

Macacadas

Ordem dos Arquitectos - S...

A dor do mundo

Há jornais, que nem para ...

VIP - Vídeo In Print

Vida

Habemus Papam

ALI era o SUPER?

Quem é o ANIMAL que é 'do...

tags

todas as tags

mais sobre mim