Sexta-feira, 17.07.09

Em 2002, o Registo Nacional de Dadores Benévolos de Medula Óssea era praticamente inexistente: 1377 pessoas. A consequência disto é que quem necessitasse de fazer um transplante de medula óssea em Portugal só o podia fazer se tivesse um irmão compatível ou recebesse células de um doador estrangeiro. Um pouco antes, um destacado político português tinha recebido um prognóstico terrível, cujo desfecho só podia ser evitado por um transplante de medula óssea. Felizmente, tinha um irmão compatível. A transplantação fez-se com sucesso e hoje está activo e de boa saúde. Não esqueceu, contudo, o transe porque passou. Apercebeu-se que o drama atingia muitas outras pessoas. E através da Associação Portuguesa contra a Leucemia, juntamente com outras entidades, lançou mãos à tarefa de criar um grande registo nacional de dadores de medula óssea. E assim em sete anos (2002-09), Portugal passou de último lugar no quadro dos 14 principais países europeus para segundo. E em termos mundiais passámos da 22ª posição em 2002, num total de 27 registos, para a 4ª, num total de 30 registos. Portugal tem hoje inscritos 163 mil dadores de medula óssea. Desde 2002, foram feitos 129 transplantes com doadores nacionais, a maioria para portugueses, onde a identidade genética é maior (57), mas também para mais 17 países, o último há 15 dias, para um doente indiano. É uma notável prova da capacidade dos portugueses (e da sua generosidade e solidariedade) quando são capazes de definir um objectivo e de trabalhar em conjunto para o atingir. É claro que se torna necessário um clic, um detonador. Neste caso, o azar de um foi a sorte de muitos. E o azar foi do ex-líder parlamentar do PSD Domingos Duarte Lima que felizmente não só sobreviveu e está bem de saúde, como contribuiu decisivamente para este sucesso. Este é mais um contributo para a constituição de um cluster da saúde em Portugal - e a prova que nos podemos especializar numa área que seria impensável há 30 anos.

Veja como ser dador aqui.



publicado por rais parta ó miúdo! às 10:25 | link | comentar

badge
últimos

O milagre Português da Me...

tags

todas as tags

mais sobre mim